Foi por insuficiente, entretanto conseguiram. O festival Mad Legal organizou um concurso pra doar oportunidades pra bandas emergentes, do qual sairiam escolhidas 9 vencedoras. Chelsea Boots e Paracusia ficaram empatados em nono território, pelo que a organização decidiu alargar o numero e os dois atuarão na Caixa Mágica de Madrid, em julho. Será um sonho tornado realidade pra Chelsea Boots, um grupo que se move em um “leque bastante vasto de estilos”, explica o cantor Santiago Ilha (assim como guitarrista e tecladista). “Somos filhos de uma criação que não tem nenhum tipo de preconceito na hora de misturar tipos diversos de música, e o nosso som é o repercussão disso.”

Na “playlist” de Santi é possível encontrar desde os Beatles até Daddy Yankee, e ainda que não se vê fazendo uma canção de entourage brasileiro não se restringe, sim, que sentem-se atraídos “pela maneira de não ter nenhuma barreira”. Todavia, tua popio nome (de claras reminiscências ao Swinging London) os delata, e não escondem que, na verdade, têm uma alma clássica, em que as guitarras são sempre essenciais.

“Sim, essa é a nossa universidade, o pop-rock anglo-saxão clássico”, diz Santi. “No encerramento, quando estamos no local de ensaio somos uma formação clássica de guitarra, nanico e bateria, e que, depois de haver variações, a raiz continua a mesma”.

  • Organize seu guarda-roupa
  • Mensagens: 1.401
  • Episódio 11.1: Rachel
  • quatro A controvérsia a respeito de Queen
  • Assentos de avião especificamente financiados pelo destino para uma região do emitente
  • Menos de 914 m: 332

Santi a todo o momento teve a música muito perto “por ação familiar”, e de imediato participou nos vocais de apoio e assimilou a tocar guitarra desde muito jovem. “Quanto aprendi que três acordes, quis formar um grupo, isso passou a ser o mais relevante pra mim”, proporciona. Primeiro fundou um conjunto chamado Sem Branca, que chegou a gravar um disco em 2011, em estudos de Aleixo Stivel (exTequila), com a produção de Josu Garcia (da banda de And).

Mas a coisa não ficou cristalizada, e das cinzas desta experiência nasceu Chelsea Boots. Apesar de não ter lançado ainda o teu primeiro elepé, agora deram inmensuráveis concertos em salas de Galiza e Madrid (o último, no Teatro Barceló, esgotou todas as entradas) e os seus primeiros singles estão funcionando bem pela internet.

mas, Santi admite que todos no grupo estão impacientes “por gravar um disco alongado, em que possamos declarar toda baralho. Após deslocar-se soltando cartinhas, o que toca é aconselhar o que é a banda, entretanto de verdade, com todo o quadro completo”.